domingo, 22 de março de 2015

ENCONTROS DOS GRUPOS BOCA DE LEÃO NO MÊS DE MARÇO: APRIMORAMENTO DA ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS

Os vídeos postados no dia 22 de março de 2015, foram vistos, estudados e selecionados por Claudete T. da Mata para serem trabalhados nas oficinas  de escritores e de contadores da OLBL. Com o auxílio deles, os integrantes da Boca de Leão vão aprender como e quando estruturar os conteúdos narrativos e adequar as práxis literárias, até a narração oral. 
São vídeos compartilhados do Youtube neste dia 22 de março de 2015, por Claudete T. da Mata, destinados para estudo, análise e crítica literária consciente e com propriedades do saber mais elaborado: dos livros em estudo e pesquisa aos vídeos utilizados para o aprendizado em grande grupo.
 Este livro foi um presente da Presidente da Fundação Catarinense de Cultura - FCC à Oficina Literária Boca de Leão - OLBL. Já começamos a orientar o nosso processo criativo com os seus conteúdos no dia 03 de março (início das atividades de 2015), quando foi apresentado e explorado os conteúdos importantes ao esclarecimento do processo criativo na estruturação da escrita ficcional.
Estes livros vão ser trabalhados nos estudos em grupo da OLBL, no processo de formação de escritores e de contadores de histórias, também, na formação de mediadores do livro e da leitura. Já começamos a trabalhar com eles no primeiro encontro (03/03/2015).
 Encontro de escritores iniciado em 03 de Março/2015.
Nesse dia recebemos dois novos integrantes: o escritor e poeta Cícero e a advogada Natália Bueno (de SP). O escritor Cícero (na foto acima de camisa listrada) veio de Brasília e fixou morada em São José/SC. Ele veio nesse dia e falou sobre o seu trabalho na vida literária (também pessoal) e decidiu continuar conosco, mesmo observando algumas dificuldades encontradas na sua maneira de fazer literatura, após ter passado pela técnica de criação literária com elementos de inspiração (técnicas desenvolvidas na OLBL), que se diferenciou muito da sua vivência anterior e sua forma de escrever em casa. O escritor Cícero, após 15 dias, retornou e falou sobre a nova experiência e o quanto mexeu com ele, de tal forma que decidiu continuar. Natália, ao se apresentar e falar sobre a sua vinda para a OLBL (de onde surgiu o desejo de estar conosco), no contou uma história linda: a história de seu tio lá de Taubaté (SP), que ela vai repetir no encontro do dia 24 de março para que todos saibam um pouquinho mais sobre as riquezas culturais que temos dentro e fora de nós, mas, que muitas vezes passam despercebidas por nós mesmos. Os vídeos com a fala dos dois vai ser postado posteriormente para o conhecimento de todos.
Encontro do dia 17/03 no período vespertino, das 15h às 17h. De tão bom que estava não vimos o tempo passar.
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Dia 19 de Março/2015.
Narração de histórias na BPSC - Manhã e tarde, para duas turmas de alunos de uma escola estadual de SC.
ABERTURA DA RODA DE HISTÓRIAS, COM APARECIDA FACIOLI: "CONTO INDIANO".
 
 
 
 
 
 
  CLAUDETE T. DA MATA: HISTÓRIAS E CAUSOS DA ILHA DE SC: ENTRE BRUXAS, BOITATÁ, LOBISONS E OUTROS SERES FANTÁSTICOS.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
        CLAUDETE T. DA MATA: MEDIAÇÃO DO LIVRO E DA LEITURA: UM RECADO DO SACI PERERÊ!
 
 
 
ESTA MENINA VEIO ME PERGUNTAR SE ELA TAMBÉM PODE PARTICIPAR DA OFICINA DE FORMAÇÃO DE CONTADORES DE HISTÓRIAS E DISSE BAIXINHO NO MEU OUVIDO: "EU TAMBÉM QUERIA CONTAR HISTÓRIAS!" E ME DEU ESTE ABRAÇO.
 FOTO DE ENCERRAMENTO DA RODA DE HIST´ROIAS DO PERÍODO DA MANHÃ!
NARRAÇÃO DO CONTO "O PEIXINHO AZUL", AUTORIA DA CONTADORA APARECIDA FACIOLI. 
777777777777777777777777777777 
 
 
 
NESSA TARDE DE 19 DE MARÇO, RECEBEMOS A VISITA DA NOSSA FUTURA ACADÊMICA DA ACADEMIA BRASILEIRA DE CONTADORES DE HISTÓRIAS, A ESCRITORA CONTISTA E MEDIADORA DO LIVRO E DA LEITURA, ANA ESTHER (DE CHAPÉU) 
Dia 20 de Março/2015 no horário vespertino!
Fotos de Claudete T. da Mata. Da esquerda à direita: Aparecida Facioli (Integrante da OLBL de 2013 aos dias atuais); Claudete T. da Mata (Autora do projeto OLBL, coordenadora e ministrante voluntária deste 24 de julho de 2012); Natália Bueno (Advogada, agora iniciando na OLBL com muito desejo de aprender a desenvolver e trabalhar o seu processo de criação literária e a arte de contar histórias e fazer mediação do livro e da leitura - aprender tudo o que deseja saber, ser e fazer; segurando o Senhor Ratão, aquele que de tão guloso que era, esqueceu do casamento e caiu na panela de feijão, recebemos a professora Darci De Lourdes Moreira, com uma sacola de desejos semelhantes aos de Natália.
Todas são integrantes da OLBL e estiveram no encontro do dia 20 de Março/2015, das 15h às 17h,  com início no dia 10 de Março, no auditório da Biblioteca Pública de SC/BR onde começamos assim com um grupo pequeno, mas, que aos poucos irá crescer porque outros virão para se juntar a nós. A Natália está toda feliz com o "livro de Rubem Alves": A Boneca de Pano; ilustrações de Luiz Rodrigues - Editora Loyola, 1995. 
Quem não pode estar na oficina  neste horário, participa do horário noturno. quem pode participar dos dois horários, participa. A Aparecida é uma das integrantes que não quer perder nada.
Dia 20 de Março!
Quem não conseguiu ir ao encontro do dia 10.03 (Encontro de formação continuada de contadores de histórias) esteve conosco no horário noturno (das 18h às 20h30) do dia 20.03.2015.Nesta foto da esquerda à direita, temos: Albertina Saudade Fonseca (Portuguesa e ministrante de Oficinas Animada com Origamis: Confecção e prática.), ela veio para ficar conosco; Aparecida Faciolli e Beatriz Campos, que recém entrou e já começou a compartilhar os nossos eventos no seu face: https://www.facebook.com/beatriz.campos. Beatriz também veio para ficar, aprender, compartilhar os seus saberes, divulgar e fazer acontecer. Depois postarei todos os nossos vídeos.  
 Este boneco de pano, feito à mão, com agulha e linha, foi visto e tocado pelos integrantes da OLBL. Depois disso, no dia 17 de março ele foi morar com a contadora de histórias e atriz bonequeira Cristina Lopes, que se apaixonou por ele. Foi um amor à primeira vista e cheio de reciprocidade. Ele não foi feito pela "Mamãe Noel", mas foi feito com a mesma técnica utilizada na fábrica do Papai Noel e os mesmo recheios: Amor, dedicação e carinho.
 Dia 20 de Março, na BPSC.


 Nossas bonecas de pano. Elas vão ser manipuladas nos tapetes contadores de histórias e nos aventais e outros meios de narração com elementos de animação.
No dia 24 de março vamos nos reunir das 15 às 16:30, para mais uma rodada de aprendizado na Biblioteca Pública de Santa Catarina - BPSC/FCC, com a história do "macaco e a velha".

QUERIDO LEITOR, SEMPRE QUE DESEJAR, DEIXE UMA MENSAGEM PARA NÓS. SOMOS GRATOS PELO SEU APOIO AO ACESSAR A NOSSA PÁGINA - GRATIDÃO, POR ONTEM, HOJE, AGORA E AMANHÃ!