sábado, 25 de abril de 2015

Dia 25 de Abril (2015) - Trupe de Contadores de Histórias Boca de Leão vão ao Colégio Santa Catarina e nossa Leoa Albertina Fonseca narra a história de Sadako!

Foi uma manhã cheia de cores e sabores!

A primeira história narrada na primeira Feira do Livro do Colégio Santa Catarina (Em Florianópolis/SC), com início às 9h30, foi "A Lenda dos Mil Tsurus", pela contadora de história animadas com origami, Albertina Saudade da Fonseca.
Nas suas mãos, os papeis ganham vida e revelam esperanças, 
 Enquanto o público chegava, a narradora de histórias animadas com origami ia conversando com as criança que chegavam.
 Despertar o imaginário das crianças, além dos livros, faz parte da arte de contar e de encantar com as histórias faladas.
 Albertina, é chegada a hora de se preparar para contar e encantar!
Para abrir as histórias, Claudete T. da Mata entrada cantando: 
Todo mundo conta histórias,
Todo mundo tem seu jeito de abrir o universo que está dentro de seu peito...
(Estrofes da melodia de Pollo, um chileno contador, cantor e compositor, e letra de sua ex-esposa)
Crianças e adultos curiosos, com você a contadora de histórias Albertina, integrante da Trupe Literária Boca de Leão.
Com a magia da arte de dobrar papeis e sua história...
 Uma narradora que chega de terras distantes, lá de Angola...
 Uma princesinha no meio da gente!
 Ela veio lá do Japão, onde conheceu a Sadako - Menina vitoriosa...
 A bomba que não venceu a menina... 
 Menina nascida e crescida distante do epicentro da bomba...
 Sadako, a menina dos mil Tsurus!
 Sadako crescida...
 Sadako adoecida...
 Você não conhece Sadako?
Cabeças atentas!
 Sadako sob os efeitos da bomba de  Hiroshima! 
 Menina forte é assim...
 Depois de restabelecida...
 Chizuko, amiga de Sadako...
Chizuko, foi visitar Sadako Sasaki (佐木禎子)
Sadako precisava se curar e voltar a viver normalmente, com sua doença causada pela bomba, ela pediu também pela paz da humanidade. 
 Sadako conseguiu fazer 646 Tsurus de origamis...
 Sadako pediu pela Paz!
 
 E eles voaram juntos!
 Após sua morte, os amigos de Sadako fizeram mais 354, para que ela fosse enterrada com os mil Tsurus.  
 Sadako morreu no dia 25 de outubro de 1955, seus amigos ergueram um monumento em sua memória, no Parque da Paz (em Hiroshima)
 Lá no Japão, no Parque da Paz (em Hiroshima), os amigos de Sadako gravaram estas palavras:
 "Este é o nosso grito, esta é a nossa oração. Paz na terra!".
O Monumento das Crianças à Paz.
Lugar conhecido como Torre dos Tsurus, onde foi erguido em 1958, em Hiroshima, no Parque da Paz, no topo do pedestal de granito, que simboliza uma montanha lendária lá no Japão onde a menina Sadako está com os braços estendidos segurando um Tsuru. Dentro do pedestal há um espaço para os milhares de Tsurus feitos de papel colorido, enviado por pessoas de todas as partes do Japão e do mundo.

(Texto e postagem de Claudete T da Mata, em 25 de abril, Florianópolis/SC, 2015)