quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Por que há tantas estrelas no céu? De Leonardo Boff

(Filmagem feita por Eduardo bolina - Acadêmico da ABCH - 08.08.2016/Jo´se Boiteux/SC)

Entrar na história, também é permitir que ela entre em você. É quando o narrador sabe ser ele na hora da narrativa e sabe retratar cenas e personagens na hora dos diálogos e detalhes inerentes às encenações. é deixar-se permitir e abrir as portas da emoção a tecer os fios da memória por passeia com a histórias. É o desatar da imaginação sem pudores, nem fronteiras - com ética e estética das palavras e da linguagem em cena. é ter bom trato com o corpo, a fala, o olhar, o sentir... É voltar a ter a sabedoria de criança e saber ser prazenteiro enquanto está dentro do universo sagrado. é ter empoderamento da arte da oralidade em cena. é ler, ler, ler, ler... estudar o conto antes de narrar, para conhecer o seu universo geográfico, temporal, espacial, emocional e psicológico. (Texto de Claudete T. da Mata - Agosto de 2016)