sábado, 5 de novembro de 2016

03.11.2016 - LEVAMOS O NOSSO "TEMPO DE HISTÓRIAS" AO BALNEÁRIO PIÇARRAS/SC. FOI UMA MANHÃ E UMA TARDE ENTRE CONTOS, CANTOS E POESIAS.

Abrimos o nosso "Tempo de Histórias" na Feira do Livro de Balneário Piçarras, com o público à nossa espera. Cantamos a nossa música:"É Tempo de Ouvir e de se Encantar"...
 Falei sobre a Academia Brasileira de Contadores de Histórias.
Aparecida Facioli abriu o nosso "Tempo de Histórias", com a Releitura do Conto da "Bruxinha Malvina"

 
 Após a narração de Aparecida Facioli, Acadêmica da ABCH, foi a vez de Raquel Mazera Poffo.
 Raquel toma Posse na ABCH, dia 11.11.2016, em Florianópolis/SC.
 Raquel entra em cena com as "Princesas Inclusivas".
  Raquel confecciona seus bonecos contadores de histórias.
Também é Vice-presidente da Academia de Letras do Brasil - Seccional São João Batista/SC.
 Uma princesa cadeirante.
  Cada princesa possui uma diferença/deficiência.
Pausa às contadoras de histórias da ABCH.
Ana Esther apaixonada pelo ambiente.
Aparecida Facioli, encantada como o ambiente cheio de surpresas.
Disseram que a girafa estava à espera de Claudete T. da Mata. Uma Girafa cheia de pergaminhos contendo hinos, poesias, frases...
Benedita sentiu soninho.
 
Roseli Schutel se divertindo muito.
Benedita de laço de Fita, bem comportada.
Essa a primeira escola que chegou antes das 13h00, para olhar os livros e ouvir histórias..
 Enquanto as crianças chegavam, cantei a música portuguesa: Avozinha.
 
Ana Esther Balbão Pitan fez sua narrativa de conhecimentos sobre os bichos do mar. Em especial sobre um peixe inusitado.

 Após a "Avozinha", fiz a brincadeira de escolha de um livro pela plateia. O menino pegou "O Grúfalo".
Em seguida, fiz a mediação de leitura animada do livro; "O Grúfalo". De Júlia Donaldson Axel Scheffler.
Um ratinho foi passear numa floresta escura.
A raposa viu o ratinho e o achou apetitoso.
- Aonde você vai? - perguntou a raposa, com brandura.
- Venha almoçar comigo, faço um almoço gostoso.
- Quanta gentileza, raposa, mas não posso. Já marquei com um Grúfalo para almoçar.
- Um Grúfalo? O que é um Grúfalo?
- Você não conhece? Um Grúfalo?
Ele tem presas incríveis e garras terríveis. E, em sua boa, dentes horríveis.
- E onde vocês vão se encontrar?
- Perto destas pedras é o lugar, e sua comida favorita é raposa frita.
- Raposa fritaw Estou fora! - a raposa falou.
- Adeus ratinho. Já me vou!
- Raposa boba! Será que não sabe que Grúfalo não existe?........................
 Depois desse bicho horrível, veio "O Peixinho Azul", de Aparecida Facioli, Membro Imortal da ABCH.
 
 
   Entrada da Confreira Roseli Schutel, a narrar o conto de domínio público: "Dom Gorrinho"
 Um história não muito conhecida, mas que a nossa confreira gosta de contar e encanta ouvintes de todas as idades.
 Um história não muito conhecida, mas que a nossa confreira gosta de contar e encanta ouvintes de todas as idades.
As crianças ficam atentas ao Dom Gorrinho.
 Quando os macaquinhos do Dom Gorrinho se rebelam.
  Dom Gorrinho fez morada no universo imaginário do público de Balneário Piçarras/SC.
 "Dom Gorrinho" dá lugar à uma princesa na fala falada da futura Acadêmica da ABCH: Raquel Mazera Poffo, de São João Batista/SC. 
 Chegaram mais crianças.
  Coordenação: Claudete T. da Mata - Presidente Nacional-Fundadora da ABCH.
Expresso minha GRATIDÃO a todos que estiveram conosco, às contadoras de histórias, ao Vanderlei - Coordenador da Feira do livro de Piçarras, pelo capricho e a a amorosidade expressa no seu todo, ao público em geral, ao nosso motorista: sem ele não teríamos como estar vivendo tantos momentos eternos. Em especial à Maria Teresinha Debatin, pelo carinho e a atenção de sempre.

Querido leitor, depois teremos mais fotos.

"O contador de histórias, é um eterno brincante, um ser sempre criança, um desatador dos fios da memória a tecer mais e mais histórias." 

Texto: Claudete T. da Mata.