domingo, 20 de novembro de 2016

08.11.2016 - Continuidade da Oficina ABCH: "Contar e ler - ler e contar! Ministrante autoral, Francisco Gregório Filho - Acadêmico da ABCH.

Dia 08 de Novembro com mais chuva de saberes!
Mestre Francisco deu a todos o tempo de falar sobre sua história. Aquela em que você fazia parte e alimentava os fios de suas memórias a cada experiência... Vó Osmarina falou sobre as suas vivências no Morro do 25, em Florianópolis. Também nos revelou histórias de encantar, de sentir saudades... 
O próprio Mestre Francisco trouxe revelações sobre as histórias que ouvia de sua mãe. foram revelações que também expressou o cuidado com as meninas da família, quando ficavam moças. Momentos de trazer a todos o respeito que aprendeu a ter pelas mulheres, desde a sua meninice... 
 Nosso Saci, o Imortal ABCH, Ademir Apparício Júnior nos apresentou seu amor às histórias que sua avó sempre lhe contou. ele está a levar "Os Contos que minha avó contava", por onde passa. Ele tem ou não tem cara de Saci?
 Nosso Gnomo da ABCH, Sandro Moacir de Campos também nos encantou com um pouco de sua história que marcou a sua infância interior.  
Nossa Imortal Roseli Schutel, teve sua vez de falar um pouco da história que mais marcou o seu bem querer na sua meninice. 
Prestes a tomar posse na ABCH, dia 11.11.2016, Pierre André de Bello Horizonte, expressou sua felicidade em estar alimentando sua infância com os conhecimentos socializados por Mestre Gregório. Falou sobre sua carroça e o seu pedal literário levados às praças e outros cantos de sua cidade, que muito tem encantado crianças de todas as idades. Falou sobre seu amor pelo que faz na sua militância na arte da palavra contada... 
 Cada integrante do Espaço de Histórias, assim como os acadêmicos da ABCH puderam expressar as suas vivências e compartilhar um pouco de si com os presentes.
 Andréa Dias, encantada com a experiência e as oportunidades de estar com tantas pessoas preciosas.
 Hora do Mestre narrar uma de suas histórias do seu Livro: contar e Ler, Ler e Contar, o qual ele deu um exemplar a cada participante.
 Após sua história, todos foram inserido numa leitura compartilhada. 
 Após leitura, os ensinamentos únicos, desses que só um velho mago consegue transmitir.
 Ele não se contem e começa a cantar mais uma narrativa de repetição a envolver todos no seu encantamento. 
 Adriane Forster e Luana estão embebecidas diante do saber sem fronteiras. 
No processo de formação do contador de histórias do nosso Espaço de Histórias, nada se esconde - tudo se revela.
Nossa Acadêmica, Osmarina Maria de Souza, uma "Contadora de Histórias da História", participou da Oficina no segundo dia. ela disse uma de suas crônicas. 
 Vó Osmarina encantou a todos com a sua "Mulata Faceira" - Crônica que fala sobre a sua juventude e outros momentos vividos no século 20.
 Ela narra as histórias, dança, canta e poetiza a vida.

 Seu corpo fala e dança a dança que o tempo não traz mais.
E só nos resta saber sobre tudo o que ficou guardado nos fios da memória de Osmarina.
 IMAGINAR, É PRECISO... 
 lER A FALA DO CORPO, TAMBÉM É PRECISO...
 SENTIR AS EMOÇÕES NO ROSTO DE CADA UM, TAMBÉM É PRECISO...
 o CORPO DE TODAS AS MULHERES OCULTAS, FALA MESMO SEM ESTAR EM MOVIMENTO REAL.
 OS HOMENS QUE APRENDERAM A GOSTAR DE MULHERES SÁBIAS, TAMBÉM SABEM OUVI-LAS DIZER A POESIA DO CORAÇÃO. 
 MESTRE FRANCISCO É UM DESSES HOMENS QUE SABEM DAR FLORES ÀS MULHERES. E COM ELE OUTROS HOMENS TAMBÉM APRENDEM COM GUARDAR AS MATRIARCAS.
 HÁ QUEM NÃO DESEJA SABER O QUE EXISTE NO FUNDO DE CADA MULHER OCULTA POR SENTIR O SEU VALOR...
 ASSIM, ESTAR TODOS NUMA SÓ CIRANDA.
 CIRANDA ONDE OS MAIS VELHOS ENSINAM OS MAIS NOVOS ÁVIDOS DO DESEJO DE SABER, DE APRENDER MAIS UM POUCO.
ADRIANE FORSTER, NOSSA MAIS NOVA ACADÊMICA, ÁVIDA DE PRAZER DO DESFRUTE DO IMAGINÁRIO SAGRADO JUNTO DO NOSSO FRANCISCO GREGÓRIO FILHO.

GRATIDÃO, QUERIDO MESTRE E IMORTAL DA ACADEMIA BRASILEIRA DE CONTADORES DE HISTÓRIAS. 
EM 2017 ESTAREMOS DE VOLTA. 
OBRIGADA POR TODOS OS ENSINAMENTOS DEPOSITADOS NOS FIOS DA MEMÓRIA DE CADA PARTICIPANTE, NOS DIAS 07 E 08 DE NOVEMBRO. 
APRENDER COM OS SÁBIOS, É UM GRANDE ACHADO DO DIVINO.
OBRIGADA!