quarta-feira, 23 de novembro de 2016

ROSILDA FIGUEIREDO - 12.11.2016 - Workshop: Brincantando a Cultura Popular - Ministrante: Acadêmica Patrona da ABCH - Rosilda Figueiredo, de Minas Gerais.

A ministrante trabalhou repertórios da nossa tradição oral brasileira.
Pontualmente, a Acadêmica Rosilda, na companhia de Mestre Francisco Gregório, abriu o Workshop sob uma chuva de palavras de aprendizado voltado à arte de contar histórias.  
 Um início com relaxamento, eu diria, da alma a abrir as portas do coração. Um só coração tem mil portas.
 Entre brinquedos cantantes, os integrantes foram chegando e se encantando.
Entre cantigas de roda...
 [...] cantigas com estrutura de pergunta e resposta...
 [...] brincadeiras acumulativas...
 Orientações metodológicas voltadas à pratica da oralidade, dentro e fora da sala de aula.
 [...] ditados populares...
 A menina Luiza Albnara da Costa Dias, é a única Acadêmica mirim membro Imortal de uma Academia de adultos, no Brasil. As demais academia criaram assuas academia mirins.
Aprendendo sobre "parlendas, provérbios e trava-línguas e possibilidades de aplicação no fazer artístico".
Os Acadêmicos e integrantes do Curso Espaço de Histórias, tiveram a oportunidade de vivenciar em grande e pequenos grupos, os brinquedos e brincadeiras. 
Todos foram orientados para as apresentações de repertórios da tradição oral brasileira. 
A promoção do encontro resultou na troca de experiências dos elementos da tradição oral brasileira. 
 Todos os participantes tiveram acesso aos elementos populares aplicáveis no trabalho da contação de histórias cênicas, artísticas, pedagógicas, interpessoais...
 Rosilda Figueiro, com o seu projeto dentro da ABCH, proporcionou o resgate de memórias pessoais, a buscar o desenvolvimento das poéticas próprias. 
 Ciro se espreguiçou no desatar dos fios da memória. 
O contador de histórias desata a imaginação, mergulha no encantamento da palavra contada...
(Fotos, organização textual, filmagem e coordenação de Claudete T. da Mata)